top of page

Oferta de e-book - Dicas para reduzir o stresse nas crianças



Queres ajudar o teu filho a criar estratégias e ter ferramentas para controlar a ansiedade?

As crianças hoje em dia são colocadas numa enorme pressão, por vezes não temos essa noção porque não sentimos o que elas estão a sentir.


Na sua imaturidade não conseguem expressar as suas emoções para que as possamos ajudar. Ainda assim, pedimos que sejam atenciosas, bem-comportadas, que sigam regras, que se sentem numa cadeira durante muito tempo, que comam de determinada forma; e ainda as encorajamos a fazer coisas e atividades que nunca tinham feito.


Muitas vezes também exigimos que se comportem como pequenos adultos sem perderem o ar de criança. Por outro lado, na escola as tarefas são bastantes e, após 7 ou 8 horas na escola ainda vão em grande correria para diversas atividades cada uma mais exigente que outra.


Nós, os pais e cuidadores exigimos bastante das crianças e, como resultado, aparecem os sinais de stresse, birras e chamadas de atenção.


Descarrega aqui e também lê o artigo de blogue.


Então, como podemos reconhecer os níveis de stress não saudáveis e o que podemos fazer para ajudar as crianças a relaxar?








Quais são os sinais de stress?

O stress desencadeia reações físicas no corpo, tanto nos adultos como nas crianças. A respiração torna-se mais acelerada e a frequência cardíaca aumenta.


Com a agitação, o estado de alerta atinge picos elevados o que resulta numa exaustão exacerbada. Em crianças pequenas o stress é facilmente reconhecível no seu comportamento: ficam cansadas, inquietas, com comportamentos desafiantes, ou ficam visivelmente zangadas, tristes e frustradas com coisas pequenas.


Dicas e truques para relaxar


Ensinar às crianças que quando se sentem cansadas não é mau, aliás é um sinal que o corpo e a mente dão para se descansar um pouco. Por isso é importante ensinar as crianças a lidar com o stress dando ferramentas para aliviar toda esta carga. É nosso dever ensiná-las a reconhecer quando o cansaço aparece e a irritação toma conta delas e dar-lhes estratégias para aprenderem a relaxar.


Criar um espaço físico para o relaxamento é o primeiro passo importante. Este deve ser preferencialmente num lugar arrumado, sem muito barulho ou com música de fundo instrumental calma. Para além disso, existem várias atividades que podem ajudar as crianças a relaxar. Eis algumas dicas:


Exercícios de respiração

Soprar bolhas de sabão, colocar um peluche na barriga e ver o movimento que é feito com a respiração.


Atividade física

Dançar ou balançar o corpo, saltar, pular depois das crianças passarem algum tempo sentadas (por exemplo, durante as refeições).

Atividades repetidas

Em geral, novas atividades podem ser stressantes para as crianças. Repetição ajuda as criança relaxar porque é algo que é conhecido e não tem que lidar com desafios constantes.


Jogos fáceis

Riscar com lápis num papel grande, um puzzle com o qual estão familiarizadas, ou ler um livro que é bastante fácil para elas.



Por fim…

Lembrar que cada criança tem o seu próprio ritmo, é importante observar as necessidades de cada uma e perceber que o que funciona num dia não quer dizer que funcione no dia seguinte. O importante é ter sempre um plano A, plano B ou mesmo C ou D.


Por isso, criei um pequeno e-book para descarregares com algumas dicas.


Descarrega aqui


Sandra Ramos

163 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page