top of page

Os Segredos do yoga para além dos Asana

Atualizado: 3 de jan.





Muito se fala sobre os Asana ou as chamadas "posturas" do yoga. No entanto, trata-se apenas de uma pequena parte de 8 passos sugeridos pelo sábio Patanjali nos Yoga Sutras. Segundo Pantanjali a proposta do yoga é o caminho para o EU, é um conjunto de técnicas para te libertares dos condicionalismos do EGO, sendo o corpo humano o veículo para fazer esse caminho. Este conjunto de técnicas, segundo os YS (yoga sutras) possui 8 partes. Por isso, o Yoga dá tanto ênfase ao autoconhecimento, tanto a nivel físico como a nível mais profundo, mais subtil.


Então o que existe para além do plano físico segundo a proposta do yoga?


Os 7 corpos subtis


O yoga é tão interessante e tão completo no que diz respeito ao conhecimento do Ser Humano que não se deve limitar a prática a apenas posturas físicas. Assim, vejamos a proposta do yoga para entender e influenciar a nossa vida em todos os planos da nossa existência. Antigas filosofias, tais como a egípcia e a hindu acreditavam que existem 7 corpos em diferentes planos e que a harmonia desses corpos tem como resultado uma consciência elevada, capaz de gerar energia e equilíbrio na vida.


Trazer este conhecimento para o dia a dia é o que permite, através do autoconhecimento, o crescimento pessoal para sermos mais assertivos, responsáveis pelo nosso bem-estar, pela nossa vida e pelas nossas escolhas. Este equilíbrio permite, também, um maior desenvolvimento pessoal, profissional e humano.





Quais são os sete corpos?



Corpo físico: É Composto por órgãos, tecidos, células, sistemas. É a manifestação palpável dos outros corpos. Este corpo é a nossa morada na terra. Por ser finito deve ser cuidado, alimentado de forma a atender as suas necessidades básicas de sobrevivência de forma saudável. Este é o corpo através do qual interagimos com o exterior com os nossos sentidos.


Corpo etério: Neste corpo encontram-se os Chakras e os nadis. É constituído por energia. Capta a energia do Universo e liga-a com o corpo físico.


Em Fevereiro de 2023 vamos ter a 2.a Edição do curso Viagem aos Chakras, inscreve-te na lista de espera aqui se quiseres aprofundar os teus conhecimentos.


Corpo astral: também conhecido como Alma. É responsável por aquilo que sentimos e pelo que desejamos.


Corpo mental: É constituído pela nossa mente, esta mente (manas) um dos 3 atributos de Citta, segundo Patanjali, é algo que está no cérebro. Contudo, a mente é um órgão sensorial que recebe informações do mundo e lhes dá um significado. O objetivo da meditação é controlar esse corpo, transcendê-lo.


Corpo casual: Também conhecido como corpo mental superior. Este é o reservatório das nossas memórias, a fonte dos nossos desejos, da intuição e da imaginação. Está intimamente ligado à individualidade.


Corpo Búdico: O Buddhi ou corpo cósmico não tem ligação com o tempo. É aqui que se encontra a verdadeira sabedoria.


Corpo átmico: É o plano mais elevado do ser humano, a consciência mais pura. Em diferentes religiões é chamado de Atman, Espírito de Essência, Eu Cósmico, Eu Divino. É a nossa consciência superior.



A anatomia subtil compreende o corpo subtil ou o corpo etérico. Nesta anatomia subtil encontra-se o sistema energético composto pelos chakras, que são os centros de ligação e troca energética entre o mundo físico e o mundo subtil. As trocas entre a energia física e a energia subtil, ou vice e versa, são efetuadas através da prática de meditação ou dos asana do yoga.


Se quiseres saber mais sobre os chakras recebe agora a nossa oferta gratuita aqui


No corpo subtil também estão os nadis, que são os canais por onde a energia circula. Estes canais exercem o papel das veias e artérias (no plano físico). Existem aproximadamente 72 mil nadis espalhados pelo nosso corpo, porém as principais são ida , pingala e sushumna. Ida e pingala têm início no chakra Muladhara e passam por cada um dos chakras até chegar ao Ajna chakra.

Ida nadi é o canal por onde circula nossa energia passiva, lunar, fria. Já pingala nadi é o canal de energia ativa, solar, quente e controla os processos somáticos. Responsável pelos nossos aspectos masculinos.







A interação entre os nadis representa a dinâmica entre a razão e a emoção, consciência e poder vital e entre os hemisférios direito e esquerdo do corpo e do cérebro. Essa interação também está associada ao nosso sistema nervoso simpático (pingala) e ao parassimpático (ida). Aqui observamos que a dualidade presente no Universo também está presente nos nossos corpos físico, subtil e na nossa mente.


Para além deste dois nadis, tal como mencionado acima, Sushumna nadi está localizado no centro do canal da medula que é por onde sobe, também, a energia Kundalini.

A Kundalini é a energia associada as forças de Shiva e Shakti, o poder do criador e da criação ou a dualidade yin e yang, do masculino e feminino.


Como vemos o Yoga é muito mais rico do que apenas praticar posturas físicas, também é tomar conhecimento com planos de energia mais subtil que nos abrem horizontes a outros mundos prontos a serem explorados e que nem sabíamos que existiam, estando bem presentes em nós.


Aceita o convite e vem conhecer estes mundos e o yoga nas nossas aulas regulares de Hatha Yoga. Consulta o nosso horário aqui


Se chegaste até aqui, relaxa um momento ao som deste vídeo para te ajudar a reequilíbriar por completo os 7 chakras.


Obrigada


Sandra Ramos




l

Desejo-te o melhor Dezembro de sempre,


Sandra Ramos


20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo